Ascendente

05-09-2011 21:20

Ascendente

 


O ascendente é a primeira imagem que transmitimos ao mundo exterior, um ponto do zodíaco que estava subindo no horizonte no momento do nosso nascimento ou de um acontecimento, país, cidade ou evento. É o horizonte Leste oriental que marca esse ponto de nascimento e o ascendente é definido numericamente pelo grau zodiacal exato que está ascendendo no momento, definido por uma linha que vem do Oriente tangente ao local, no instante do acontecimento.

A cada momento, o ascendente muda; um signo ascende completo no leste a cada duas horas. O signo, o grau e situação astrológica do ascendente tem um significado energético na formação da pessoa, do pais, de uma cidade ou de um evento. Então, quando nos referimos ao ascendente, estamos falando de toda conformação; do signo que atua no ascendente, dos aspectos direcionados ao grau do ascendente e dos planetas presentes junto ao ascendente.

Esse conjunto de elementos tem a força que modula o modo físico, a saúde, a personalidade e a vontade. O regente do ascendente, que é o planeta regente do signo, tem a força do raio do Leste, por isso é considerado o Senhor do mapa.


Na interpretação do ascendente é necessário determinar:
  • as características do signo ascendente
  • as características do grau do ascendente
  • os aspectos direcionados ao ascendente
  • os aspectos recebidos do Sol, da Lua e do Regente do ascendente
  • o regente do signo ascendente, por sua localização no mapa - signo e casa - e os aspectos que recebe
  • a situação do Sol e da Lua, por sua localização no mapa - signo e casa - e os aspectos que recebe
Qualquer situação astrológica das casas pode ser vivida de forma positiva ou negativa. As posições dos planetas e dos signos não determinam as escolhas, apenas indicam o tipo de energia que podem ser melhor utilizadas para vivenciar as experiências de cada casa. A maneira de expressar a potencialidade astrológica depende da pessoa e suas circunstâncias de vida. É a própria pessoa quem escolhe o modo de utilizar as energias que sente em si mesma.

A situação astrológica do Sol, da Lua e do Ascendente descrevem as características mais expressivas da personalidade, constituindo o tripé da personalidade. O Sol representa o presente, o mais expressivo e vital; a Lua representa o passado, o mais instintivo e natural; o Ascendente representa o futuro, as características de personalidade que se ascendem, se expandem e amadurecem com o tempo, dominando o modo de ser. Por isso se diz que, à medida que a pessoa amadurece, ela tende a expressar mais as energias do ascendente.

O ascendente está constantemente modulando a personalidade e o corpo, por isso ele é o ponto de equilíbrio da vida. Junto ao Sol e à Lua, modula a espontaneidade, as reações, a resposta aos estimulos e o corpo físico. A atitude dominante da pessoa diante da vida é dominada pelo ascendente, por isso, é o ascendente é um dos pontos principais na determinação da missão de vida, da vocação, e da orientação da pessoa para viver.

É o ascendente quem predomina na primeira imagem transmitida ao mundo externo, dando o comando interior. À medida que a pessoa amadurece, o ascendente interage com todos os elementos do mapa e mostra sua expressão predominante com mais segurança, que acontece geralmente aos 30 anos, quando Saturno já retornou ao seu ponto natal.

Supõem-se que ao chegar aos 30 anos, a pessoa já tenha desenhado sua personalidade. A partir desta idade, o regente do ascendente se torna mais soberano. A casa 1, que é marcada pelo ascendente, representa a pessoa, o corpo, o rosto, as feições da pessoa, a expressão facial, a imagem que ela transmite, a personalidade. Mostra como a pessoa inicia suas ações e o que faz para conseguir o que deseja. É o projeto inicial e final de vida, a aspiração essencial, com o que se identifica, a maneira de agir externamente movida pela necessidade de sobrevivência.

Também propicia à pessoa descobrir quem ela é e como se diferencia dos outros. É ter a consciência de si e tomar conta de sua própria vida, por isso indica como a pessoa dedica a si mesma. O regente da casa 1 indica onde atua para realizar o que quer e a casa 1 informa as condições que a pessoa pode utilizar para renascer e transcender, e como assimila as experiências de vida.

Qualquer transito ou direções - direção secundária, primária, arco solar - dirigida ao regente do ascendente, estará influindo nos significados do ascendente, ou seja, na sua atuação para realizar suas vontades, na maneira de agir movida pela necessidade de sobreviver e quando necessário, renascer...

 

Noticias,Fotos e Imagens